SOBRE A MESA: ABYSS

SOBRE A MESA: ABYSS

    por -

    pic1965255_lg (1)O trono do Abismo está vago. Novos pretendentes almejam alcançar o poder nas profundezas submersas. Para tal, será indispensável conquistar aliados, através de perigosas explorações ou solicitando auxílio de um conselho formado por cinco raças marinhas distintas. Finalmente, grandes senhores poderão ser recrutados. Alguns são truculentos guerreiros, outros astutos políticos, há ainda fazendeiros, magos, mercadores, cada um poderá ajudá-lo de modos distintos a controlar o Abismo e reinar supremo.

    Abyss é um jogo de Bruno Cathala e Charles Chevallier no qual a disputa citada acima é feita através do recrutamento de cartas. Um dos jogos mais comentados de 2014, principalmente pela arte excepcional de Xavier Collete. Muito se falou da qualidade artística do jogo, várias cópias foram, inclusive vendidas por isso. Seria Abyss apenas mais uma carinha bonita (sic) ou tem qualidades além das visuais?

    Mecânica
    – Leilão
    – Gerenciamento de mão
    – Coleção de conjuntos

    Em seu turno você poderá realizar uma das três seguintes ações: explorar as profundezas, pedir auxílio ao Conselho ou recrutar poderosos Senhores subaquáticos. Na primeira opção, explorar, você descobre aliados de cinco raças e cores distintas ou ainda monstros que, se derrotados, fornecerão benefícios. Estes estão nas cartas pequenas do jogo.

    As cinco raças de aliados

    O interessante é que cada aliado revelado em seu turno deverá ser oferecido, primeiramente, aos demais jogadores. Se ninguém, incluindo você, não o quiser, revele o próximo, repita os mesmo procedimentos até o limite físico do tabuleiro. Existem cinco espaços para as cartas de aliados ou de monstros. Chegando ao final deste espaço, se ninguém quiser a carta revelada, ela deverá ficar com você, com uma pérola, o dinheiro de Abyss, de brinde.

    As cartas que sobraram após a exploração são reunidas por raça, ou seja, por cor e colocadas em cinco pilhas no meio do tabuleiro, o Conselho. Você pode utilizar a ação de seu turno para comprar todas as cartas de uma destas pilhas. É uma ação muito rápida que visa a aumentar o número de cartas em sua mão.

    pic1969217_lg

    Mas por que estamos explorando e pedindo ajuda ao Conselho, para que queremos estas cartas de aliados? A terceira ação possível, recrutar lords é a mais interessante de todas. Os lords são personagens pertencentes à guildas diversas, cada uma delas com uma característica de destaque. Os soldados são fracos em fornecer pontos ao final da partida, mas úteis para incomodar seus inimigos. Os mercadores recebem pérolas extras etc.

    Cada carta destes senhores, em formato grande, contém várias informações. No canto superior esquerdo, o número 7 na carta The Jailer, indica a quantidade de pontos de influência fornecidos ao final do jogo. Na descrição na parte de baixo da carta encontramos seu poder especial, em nosso exemplo, esta habilidade possui uma seta, isto quer dizer que ela entra em ação uma única vez e na hora que o lord for recrutado. Cada oponente deverá descartar uma de suas cartas de aliados, aquelas cartas menores das ações um ou dois. No canto inferior esquerdo, encontramos um número 6, um símbolo da raça caranguejo e duas bolhas acima disso. O seis é a quantidade mínima em pontos de aliados que deveremos utilizar para seu recrutamento, o caranguejo indica que pelo menos uma das raças utilizadas deverá ser caranguejo e as duas bolhas exigem que para recrutar esta carta você precisará pagar seu custo com exatamente três raças distintas, lembrando, uma delas sendo caranguejo e outras duas quaisquer, nem mais, nem menos. É desse gerenciamento de mão que reside o básico do jogo. Além disso, a menor carta de aliado que você utilizou fica em sua área de jogo, você afiliou este aliado, as demais são descartadas. Contudo, ao final do jogo, apenas o maior aliado de cada raça afiliada contribuirá na pontuação!

    Há ainda a possibilidade do jogador controlar localizações especiais, que ficam disponíveis através de chaves, obtidas através de lords ou derrotando monstros na ação um. Estes locais também tem habilidades especiais e bônus de pontuação que, se combinados com seus senhores em jogo, podem formar combos muitos interessantes.

    Área de jogo com localizações, senhores e aliados afiliados
    Área de jogo com localizações, senhores e aliados afiliados, tokens e as famosas pérolas

    Percebam que tudo depende de tudo. Você precisa de aliados para recrutar lords para, finalmente, conquistar as localizações. O jogo se encerra quando alguém colocar seu sétimo senhor em jogo ou quando não houver senhores disponíveis em número suficiente para preencher a parte inferior do tabuleiro.

    Considerações Finais:
    Todos falam primeiramente disso, então falarei também. A arte deste jogo é absolutamente incrível! É o ponto de destaque desta obra, quase unanimidade no quesito Melhor Arte de 2014 por todos os canais especializados. Não só em qualidade, mas pela quantidade de cartas de lords e localizações. Xavier Collette é tão estrela quanto os designers aqui. Você se pegará, várias vezes, no meio da partida, parado, travado, namorando os detalhes de cada carta, isso para não falar nas cinco caixas diferentes que Abyss disponibilizou no mercado, fato inédito na indústria dos jogos de tabuleiro.

    pic1969218_lg

    E quanto ao jogo? Até brinquei em um dos tópicos pela internet que comprei Abyss pela arte de Collette, por ser de Bruno Cathala, pelos componentes e ainda veio um jogo dentro da caixa!

    Particularmente, agrada-me jogos simples mecanicamente, mas que estão submersos, mais uma piadinha contextual, tematicamente. O universo criado aqui é tão rico que vários fãs estão pedindo mais jogos neste ambiente. O tema é, no entanto, uma desculpa. Nós apenas coletamos cartas do mesmo naipe (cor, raça) para trocar por outras cartas para conseguir locais, no intuito de maximizarmos nossa pontuação.

    pic2067552
    Essa é a minha caixa

    Abyss faz isso de maneira agradável, é relativamente rápido e pode ser jogado sem compromisso. Entretanto, valorizará os jogadores atentos que calcularem bem suas compras, gastos e combinações. Aliado à arte excepcional é uma experiência recomendável para quem gosta de jogos com as mecânicas que utiliza.

    Pontos Positivos:
    – Rápido
    – Leve
    – Tema é uma adição muito bem-vinda
    – LINDO, LINDO, LINDO
    – Pérolas

    Pontos Negativos:
    – Não aprofunda seu ambiente, nem dá maiores informações sobre o mundo do Abismo
    – Mecânica de leilão desagrada a alguns
    – Os monstros poderiam ser mais frequentes e relevantes

    Ficha Técnica:
    Jogadores: 2 a 4
    Idade: a partir de 14 anos
    Duração: 45 minutos
    Tipo: caixa básica
    Fabricante/Desenvolvedora: Bombyx
    Preço Médio: R$ 220,00

     

    Lucas Andrade (Lukita ou Meistre Lucas) "O Homem que se Espalha": A mente geradora da fagulha primordial responsável pela materialização do grupo. É ou foi professor de Matemática de todas as pessoas de gerações mais novas que conhece. É presidente e provavelmente o membro mais empenhado em idealizar novos projetos, iniciativas e firmar parcerias. Tente comer durante as partidas ou amarrotar a toalha oficial das mesas e verá despertar nele um tique nervoso capaz de tirá-lo de seu estado racional. O fato de ser adepto e precursor no grupo do modo de jogo intitulado por ele mesmo "Red Lukita vs. Blue Lukita" revela um aspecto esquizofrênico de sua personalidade. Não joga à vontade sem uma trilha sonora que remeta ao jogo que estiver à mesa. Outros interesses: ópera e música clássica em geral, quadrinhos da DC Comics, esportes americanos, séries de TV, clássicos do cinema.

    5 COMENTÁRIOS

    1. Muito bonito o jogo só pela beleza o jogo já vale a pena. Fiquei com muita vontade de ter um só para enfeitar minha estante. Parabéns novamente pela análise Lukita e como sempre fico me perguntando, qual seria a trilha sonora perfeita para este jogo? Será que vai ter sound Board dele? Abraço Lukita.

    2. Huhauhauh! Tem trilha para ele, sim. Até não rolará Sound Board por não ser um jogo muito popular por aqui. Para ele, uso sons de sintetizadores bem lentos, com ruídos e efeitos do fundo do mar e sons de baleias que eu mesmo mixei e editei. Grande abraço!

    3. Quase adquiri este jogo pela beleza que vem junto ao trabalho do designer, na próxima vou pedir um para a coleção. Obrigado pelo review e continue o bom trabalho que por sinal é único, só falta marcarmos um dia de jogatina ^^ Abraço

    4. Esse é bom e bonito! Barato é pedir demais! Hehe! Sou muito fã do Cathala! Muito obrigado pelas palavras, meu querido Luiz! Essa jogatina um dia sai, tenha certeza!

    5. Esse blog morreu? E o canal do youtube?
      Era o melhor do todos os que "tentam"….
      Enfim, meu irmão comprou esse jogo, e achamos sensacional!

    Deixe um Comentário